fbpx

S. H. Comunicação – Seu evento científico está aqui

PET Ciências Naturais da UFMA, em Grajaú, debate os “Mapas na perspectiva socioambiental”

Por: Allan Potter - UFMA

“Leitura e interpretação de mapas na perspectiva socioambiental”. Esse foi o tema do II PET Promove, organizado pelo Programa de Educação Tutorial (PET) Ciências Naturais do câmpus de Grajaú da Universidade Federal do Maranhão, nessa sexta-feira, 20, via Google Meet. Esta edição contou com a participação de Aichely Rodrigues da Silva, docente do curso de Licenciaturas em Ciências Humanas do câmpus de Grajaú.

A pesquisadora apresentou o projeto “Os aspectos socioambientais no estado do Maranhão em tempos de pandemia”, que estabeleceu a relação direta entre a saúde humana e a qualidade do ambiente, enfatizando os aspectos sociais de uma determinada população no período da pandemia.

“A pesquisa teve o objetivo de relacionar casos confirmados de covid-19 nos municípios maranhenses aos aspectos socioeconômicos, além da cobertura do saneamento e da saúde preventiva, analisando determinados municípios do Maranhão. Para isso, foram elaborados mapas temáticos das variáveis e realizada a análise de correlação espacial pelo Índice de Moran – Global e Lisa”, explicou a palestrante.

Ela ainda destacou que esse estudo demonstrou que nas regiões Norte, Centro e Leste do Maranhão apresentaram os piores indicadores socioeconômicos e a maior concentração de casos confirmados da covid-19.

“Em relação aos aspectos socioeconômicos, notou-se que a desigualdade social, a falta de coleta e tratamento de efluentes domésticos e o baixo Índice de Desenvolvimento Humano municipal são potenciais difusores da doença. Além disso, também há a correlação positiva entre os dados de piores índices socioeconômicos e de saúde preventiva no estado. Essa análise contribuirá com a aplicação de políticas públicas em relação à saúde e à relação com a qualidade ambiental e socioeconômica nas regiões mais vulneráveis do Maranhão”, enfatizou.

Outras informações podem ser obtidas por meio do Instagram do grupo @petcienciasnaturais.

A docente do curso de Licenciaturas em Ciências Naturais do Câmpus de Grajaú e tutora do PET, Ionara Nayana Gomes Passos, disse que o projeto “PET Promove” consiste em desenvolver periodicamente discussão de documentários, filmes, pesquisas e livros. “Os integrantes do grupo são responsáveis por buscar diálogo com possíveis convidados, além de organizar e executar a atividade. Esta atividade vem ocorrendo no PET como meio de complementar o ensino e ampliar o conhecimento dos alunos do grupo, promovendo o desenvolvimento dos alunos e a respectiva formação de profissionais e cidadãos críticos”, pontuou.