fbpx

S. H. Comunicação – Seu evento científico está aqui

Abertura do II Sinta tratou sobre a internacionalização no contexto pós-pandemia e mobilidade

Por: Glaucilene Oliveira - UFMA

Foi realizada, na manhã desta terça-feira, 1º, a conferência de abertura do II Simpósio de Internacionalização Acadêmica (Sinta) da UFMA, transmitida pelo Youtube. O evento é promovido pela Diretoria de Internacionalização da Agência de Inovação, Empreendedorismo, Pesquisa, Pós-Graduação e Internacionalização (Ageufma) e contou com a participação do reitor Natalino Salgado e do vice-reitor Marcos Fábio Belo Matos.

A conferência foi mediada pela diretora de Internacionalização da Ageufma, Naiara Sales, e teve como tema “A internacionalização no contexto pós-pandemia”, em que a diretora da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da Capes, Heloísa Hollnagel, tratou a respeito das ações desenvolvidas pela DRI em relação ao fomento de projetos institucionais de internacionalização, acordos de cooperação internacional com universidades estrangeiras e com agências internacionais, entre outras questões e projetos ligados à área.

O pró-reitor da Ageufma, Fernando Carvalho Silva, lembrou que, embora a internacionalização tenha sofrido impactos com a pandemia, outras alternativas foram buscadas, e as atividades não pararam durante esse período na UFMA, a exemplo da implantação do programa World IN.

“A internacionalização foi muito prejudicada, principalmente na questão da mobilidade em relação aos docentes e discentes que não puderam sair do país, e nem pudemos receber pessoas de outros países. Porém outras ações foram feitas de maneira muito eficiente: desde 2019, cerca de 15 cooperações foram assinadas com outras universidades em plena pandemia”, comentou.

Para o reitor Natalino Salgado, a internacionalização é de grande relevância para dar visibilidade à Universidade no contexto internacional, por isso é necessário valorizá-la. “Nós precisamos encarar a internacionalização como uma quarta dimensão: além do ensino, da pesquisa e da extensão, é preciso dar o mesmo valor e o mesmo peso também para internacionalização, como uma quarta missão da nossa Universidade”, enfatizou.

%d bloggers like this: